Apaixone-se: A Linha Azul

Ei gente, tudo bem? Hoje decidi resenhar um livro que terminei um tempinho atrás, esse dia chuvoso me animou a falar sobre ele. Ele se chama A Linha Azul e é da escritora colombiana Íngrid Betancourt. Nunca tinha lido nenhum livro de algum escritor latino, sem ser brasileiro, e fui logo me encantando por isso. Mas o que me levou a comprar esse livro de um autor desconhecido foi a capa, sim sou dessas. Julgo o livro pela capa. A achei tão singela e simples que me apaixonei logo de cara, então depois fui ler do que se tratava e me apaixonei mais ainda.

PÁGINAS: 275
AUTORA: INGRID BETANCOURT
CLASSIFICAÇÃO: ROMANCE

Numa Buenos Aires, na década de 70, Julia uma jovem que tem o dom de prever o futuro, se apaixona pelo ativista político Theo e a partir daí os dois pombinhos se envolvem em meio à luta da ditadura argentina. O casal apaixonado é capturado num dos momentos mais obscuros da repressão, os dois são separados e no triste momento Júlia se encontra grávida. Depois de muitos anos o casal se reencontra nos Estados Unidos, só que eles não são mais os mesmos.

Confesso que meu amor pela Argentina me afetou demais o julgamento e por isso todo esse meu amor antecipado, mas sinceramente o encanto pelo livro não desapareceu. É maravilhoso ler um livro e  reconhecer a maioria dos lugares, se imaginar pelas ruas daquele lugar mágico, sonhar com as ruelas que são citadas no livro. Mas outro sentimento lindo que esse livro me trouxe foi o de conhecimento. Porque que a ditadura existiu no hemisfério sul da América todo mundo já está cansado de saber, mas nós só estudamos o Brasil na escola, e mesmo assim, de maneira bem superficial. No fundo ninguém quer ressuscitar esse tema tão pesado à pessoas tão jovens, por outro ninguém tem informações suficientes ou certas sobre o assunto. Mas ao ler um livro com essa temática me obriguei a estudar mais sobre, e principalmente como foi a repressão em outro país. Só assim eu descobri que a ditadura argentina foi uma das mais violentas e brutais que existiu, e que a carnificina correu solta pelo país.

Mas voltando a história do livro, após o casal ser capturado e separado, o livro se volta para a protagonista e nos deparamos com sua aflição interna e seus medos. Temos visão de onde ela está aprisionada e como são as coisas na prisão, até mesmo de suas torturas, tanto as físicas quanto as psicológicas. Nesse momento eu senti cada arrepio que a Julia sentia, cada medo e percebi que a partir daí a protagonista se torna uma heroína. Dá vontade de largar o livro porque a dor de cabeça era maior que tudo, e eu só conseguia pensar que graças a pessoas como a Julia nós hoje temos nossa liberdade!

Ela contempla o horizonte. Avista a linha violeta que separa o mar do límpido céu azul. Vê o vento deslizando sobre a água. Vê que ele chega. Depois fica na dúvida.

Quando eles já se encontram juntos novamente e, consequentemente mais velhos, nota-se uma escrita mais adulta por parte da autora. Claro que ao decorrer do livro percebe-se a mudança das personagens, mas nessa parte do livro você entende como as pessoas lidam com traumas de maneiras específicas e pessoais, como cada um cresce de uma maneira diferente. Também temos a noção de como é ser adulto, que diversas vezes temos a utopia de pensar que eles são inquebráveis e tem certezas concretas de tudo.

a-linha-azul-2

Uma outra coisa que adorei no livro, que é um detalhe que quase me passou despercebido, é a forma da contagem do tempo. Não são por dias, mas sim anos e estações, ela faz alusão às estações e aos acontecimentos na vida de Julia. Eu demorei pra perceber isso, até que comecei a ficar confusa, ainda mais um livro onde se mistura passado, presente e futuro. Então fica a dica migas: prestem atenção ao tempo, faz muita diferença!

Enfim a leitura é extremamente válida, seja pra crescimento pessoal, pra maior entendimento do período de repressão, seja pra maior compreensão do outro. Recomendo demais esse livro, o lúdico se mistura à escrita séria, o que torna a leitura leve. Foi um livro que me proporcionou um crescimento enorme, então espero que gostem 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s